Blog DESTAQUE Finanças para casais
Apolino Venda
Janeiro 16, 2018
Finanças para casais

Dicas de como administrar o dinheiro para comprar a casa própria

Comprar a casa própria é o sonho de muitos casais. A boa notícia é que com determinação, foco, controle de gastos e planejamento este desejo pode se tornar realidade. Hoje vamos dar algumas dicas de finanças para casais comprarem o seu primeiro imóvel.

 

Faça uma planilha de receitas e despesas

O primeiro passo para começar a juntar dinheiro é ter controle de quanto dinheiro entra e sai mensalmente da conta do casal. Uma planilha de receitas e despesas é uma boa forma de controlar a saúde financeira da casa. Anote todos os gastos, inclusive os pequenos, como lanches, passeios e ônibus. Ao criar o documento, é essencial colocar o valor gasto, assim como a categoria da despesa. Assim, é  possível saber exatamente para onde o dinheiro está indo e se tem como economizar.

 

Planeje para juntar dinheiro

Depois que você criou a sua planilha e conseguiu analisar as finanças do casal, é o momento de começar a planejar os gastos. Este planejamento permite que você e seu parceiro(a) não gastem mais do que ganham e direcionem o dinheiro familiar para a compra da casa própria. Defina no começo do mês o quanto vocês gostariam de gastar em cada categoria e controlem as despesas semanalmente para saber se estão dentro do planejado.

Finanças para casais

 

Reserve uma quantia todo mês

Enquanto estiver criando o seu planejamento financeiro, é importante considerar uma quantia para o valor de entrada para a compra da casa própria. O preço total a ser poupado depende do tempo em que vocês querem realizar este sonho e a quantia disponível para ele. De acordo com o especialistas,  o ideal é que o casal consiga guardar 15% da renda líquida familiar.

 

Avalie aquilo que pode ser cortado

Caso o orçamento fique muito apertado e você perceba que é necessário economizar, é a hora de partir para o corte de gastos. Comece com despesas que não são prioritárias, como passeios no fim de semana, salão de beleza e viagens. Se mesmo assim, as finanças não estiverem equilibradas, estude se é possível reduzir contas de consumo (luz, gás, água e telefone).

 

Qual a melhor forma de juntar dinheiro?

Agora que você já sabe como planejar o seu orçamento familiar, vamos lhe dar algumas dicas para saber exatamente o que fazer com o dinheiro para o seu sonho. Como são várias as alternativas, a melhor opção é aquela que mais combina com o perfil do casal. Confira as principais opções:

  1. Poupança: apesar de bastante popular, simples e com fácil resgate, a poupança possui um rendimento bem baixo.
  2. Investimentos: para não ter prejuízos com esta opção, é interessante que você conte com um profissional da área. Afinal, enquanto alguns investimentos possuem pouca liquidez e restringem o acesso ao dinheiro por um tempo definido, outros oferecem riscos.
  3. Consórcio: a modalidade preferida para quem gosta de planejar, com o consórcio você paga uma parcela mensal já sabendo o quanto vai investir e em quanto tempo o fará. Assim que contrata o serviço, você já tem acesso a todas as informações: taxa de administração, parcela mensal e prazo total. Além de não correr riscos, o consórcio não cobra juros.

 

E se eu não tenho como guardar dinheiro?

Se em alguns momentos a família consegue juntar dinheiro para realizar o sonhos da casa própria, outras vezes as finanças do casal não permite guardar o valor necessário.

Comprar um imóvel é um compromisso a longo prazo. Mas, e se você e seu parceiro(a) não conseguirem juntar dinheiro suficiente para a entrada da casa? Temos algumas dicas para vocês realizarem seu sonho mesmo assim.

 

  1. Estude como comprar um imóvel

Abra um documento, seja no computador ou em um caderno, para reunir todas as informações necessárias para comprar um imóvel. Anote quais são os documentos necessários, critérios de cadastramento em programas de aquisição, tipos de financiamento, instituições bancárias que financiam e suas taxas, valor do imóvel e condições mínimas.

Também escreva tudo aquilo que você acha essencial no seu imóvel. Ele precisa ter varanda? Ter no mínimo 2 quartos? Cozinha americana? E por aí vai.

 

  1. Analise se você tem algo para vender

Vender um bem valioso, como carro ou uma moto, pode ser a entrada necessária para comprar o imóvel dos seus sonhos. Coloque numa balança o que é mais importante para o seu momento: o bem atual ou a casa própria. O uso do FGTS para fazer o financiamento de imóveis também é uma boa alternativa.

Agora que você já sabe como administrar o dinheiro do casal e comprar a tão sonhada casa própria, acesse o nosso blog para conhecer outras dicas de finanças e investimento imobiliário. E se você já estiver na busca do imóvel perfeito, entre em contato com os corretores da Apolar para encontrar aquele que mais combina com o seu perfil e de sua família. No nosso site temos uma diversidade de imóveis à venda para todos os gostos e preferências.

Receba nossa Newsletter

Lançamentos

E-BOOK GRATUITO

Financiamento de imóveis

Saiba tudo sobre como fazer o financiamento de imóveis da melhor maneira!
BAIXE AGORA!
close-link